Casal é encontrado morto dentro de mata em sítio de Formiga

Polícia acredita que vigilante tenha executado a namorada e, em seguida, se matado

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Um casal foi encontrado morto na manhã desta segunda-feira (26) dentro de uma mata de um sítio na zona rural de Formiga, no Centro-Oeste de Minas. A polícia acredita que o homem tenha executado a namorada e, em seguida, se matado.

Por volta de 11h, os donos de uma propriedade localizada no povoado de Córrego da Área, próximo ao aeroporto da cidade, encontraram os namorados abraçados e sem vida. A Polícia Militar (PM) e a perícia técnica da Polícia Civil foram acionadas.

Ficou constatado que a garçonete Maria Eunice Rolindo, de 48 anos, foi executada com quatro tiros, sendo um no ouvido esquerdo, um no rosto e dois no ombro. Já o vigilante Jaerder Carlos Leal, de 52, foi atingido por apenas um tiro no ouvido esquerdo. Os corpos estavam localizados dentro da propriedade do pai de Jaerder.

A suspeita de que o vigilante teria assassinado a companheira e, em seguida, se matado tomou força após a polícia descobrir que na segunda-feira (25), uma arma calibre .38 foi retirada da agência bancária de Arcos, cidade da mesma região, onde ele trabalhava. Na mesma data, o gerente do banco foi até a Polícia Militar e registrou um boletim de ocorrência.

Nesta terça, a arma foi encontrada no sítio, onde o crime aconteceu em Formiga. Os corpos não apresentavam sinais de violência e nenhum bem material foi levado do local, segundo a PM. Após a perícia, os corpos foram encaminhados para a funerária da cidade.

Familiares contaram aos militares que o casal estava junto desde novembro de 2014 e não haviam brigado. A Polícia Civil irá investigar o caso. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave