'O que ele quer, nosso pescoço?', diz presidente da CNI sobre Levy

Os empresários brasileiros levaram ao México um pedido aos dois governos para que seja ampliada a da lista de produtos comercializados com tarifa zero

iG Minas Gerais | Folhapress |

economia
economia

Questionado sobre a situação do ministro Joaquim Levy no governo, o presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Andrade, respondeu "ele já teve R$ 70 bi de corte, o que ele quer mais? Quer nosso pescoço agora?".

Os empresários brasileiros levaram ao México um pedido aos dois governos para que seja ampliada a da lista de produtos comercializados com tarifa zero. Os presidentes Enrique Peña Nieto e Dilma Rousseff anunciaram que as negociações para isso começam em julho.

Andrade afirmou, ainda, que "o México está deixando de comprar do Brasil por causa das tarifas, e compra dos EUA e de outros países da Europa. O produto brasileiro perdeu importância no mercado mexicano, um exemplo disso são os carros", disse Andrade.

DILMA NO MÉXICO

Com a imagem política desgastada, a presidente Dilma Rousseff e seu colega mexicano, Enrique Peña Nieto, se encontram nesta terça (26) na capital mexicana.

Acompanhados de comitivas com um grande número de empresários (50 do lado do Brasil), os dois mandatários também buscam transmitir mensagens políticas positivas para seus respectivos públicos internos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave