Quadrilha explode caixas eletrônicos e dois morrem em troca de tiros

Polícia Federal investigava grupo criminoso há cerca de um mês; cinco bandidos foram presos

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Agência ficou completamente destruída.
Polícia Militar/Divulgação
Agência ficou completamente destruída.

Dois homens foram mortos durante uma troca de tiros entre policiais e membros de uma quadrilha, que explodiu dois caixas eletrônicos, na madrugada desta terça-feira (26), em Moeda, na região Central de Minas Gerais. Durante a ação, cinco criminosos foram presos.

A Polícia Federal investigava o grupo há cerca de um mês e por isso identificou que a quadrilha agiria novamente. Na tentativa da polícia de prender os bandidos, os suspeitos reagiram e houve troca de tiros, que matou dois deles. Nenhum policial se feriu.

O crime aconteceu na única agência do Banco do Brasil na cidade. As polícias Militar e Civil deram apoio.

Os presos responderão pelos crimes de associação criminosa e roubo qualificado pelo uso de explosivos, podendo cumprir até 27 anos e meio de reclusão.

Leia tudo sobre: explosãocaixas eletrônicosagência