Mulher mata ex-marido com 41 tiros e nove são detidos em Itapecerica

Suspeita contou com a ajuda do namorado e de mais um comparsa para cometer o homicídio; não satisfeita, criminosa ainda tentou subornar policiais com R$ 20 mil

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma jovem de 24 anos matou o ex-marido, com a ajuda de dois comparsas, na noite desse domingo (24), em Itapecerica, na região Centro-Oeste do Estado. Homem foi baleado 41 vezes.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, Leonardo Silva Almeida, de 22, conhecido pelo apelido de “Leo Azedo”, foi surpreendido na porta de casa, localizada na rua Novo Espaço, no bairro Bom Jesus. Ele apresentava perfurações no tórax e, ao lado do corpo, a equipe encontrou várias munições de calibres diferentes.

Em conversa com a corporação, o irmão da vítima contou que ouviu os tiros e, ao sair do imóvel, viu três pessoas, entre elas uma mulher, correndo em direção a um veículo.

Ao avistar o irmão da vítima, um dos criminosos ainda chegou a atirar, mas, por sorte, o homem não foi atingido. Durante o registro da ocorrência, militares foram informados através de denúncias anônimas que os agressores fugiram em uma caminhonete com placa de Ibirité, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A mulher que estava com a dupla foi identificada pelos denunciantes pelo apelido de “Carol”. Ela seria moradora da comunidade Lamounier, na mesma cidade. Policiais foram até o endereço indicado e fizeram contato com a mãe da suspeita. Ao ser questionada do paradeiro da filha, ela disse que a jovem na cidade de São Paulo.

Porém, desconfiando das informações repassadas pela dona de casa, a equipe deslocou até o sítio Estâncias Siqueira, imóvel do atual namorado de Carol, localizado no povoado de Santo Antônio.

Na garagem foi localizada a caminhonete com as mesmas características do veículo que havia sido usado durante a fuga dos assassinos. Um dos militares constatou que o motor da caminhonete ainda estava quente.

A equipe entrou na casa e encontrou a suspeita e o namorado, um homem  de 47 anos, na cozinha. Buscas pessoais foram realizadas, mas nada de ilícito foi encontrado. Em um dos quartos estavam mais dois homens de 33 e 31 anos. Sendo que com o mais velho, a polícia encontrou uma pistola 380. A arma, totalmente carregada, estava na bermuda do homem.

No mesmo cômodo foi encontrada uma outra pistola de mesmo calibre e um revólver calibre 38 com seis cartuchos intactos. Dentro de um outro quarto estava um colete à prova de balas. Policiais retornaram ao veículo, que é do namorado e Carol, e encontraram do lado direito do assoalho duas cápsulas de calibre 380 deflagradas.

Além da suspeita, do companheiro, e dos homens que estavam no quarto, foram detidos mais uma adolescente de 16 anos, uma mulher de 18, uma de 43 e outros dois homens de 21 e 44 anos. Todos foram encaminhados à delegacia de plantão da cidade.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave