Maradona chama presidente da Fifa de ditador

"Se ele representa a cara do futebol internacional, estamos mal", completou o craque argentino

iG Minas Gerais | AFP |

Maradona fez críticas aos dirigentes da Fifa e muitas brincadeiras em um papo bem descontraído
Reprodução/Facebook
Maradona fez críticas aos dirigentes da Fifa e muitas brincadeiras em um papo bem descontraído

"Temos um ditador para sempre" à frente da Fifa, afirmou Diego Maradona, lenda do futebol argentino, referindo-se a Josep Blatter, a poucos dias da eleição para presidência da entidade, um cargo que o dirigente suíço ocupa desde 1998.

"Com Sepp Blatter, a Fifa se tornou uma vergonha e um verdadeiro incômodo para os amantes do futebol", declarou Maradona em entrevista ao jornal inglês Daily Telegraph que será publicada nesta segunda-feira.

"Eu chamo Blatter de 'homem de gelo', porque falta a ele a inspiração e a paixão que constituem o mesmo coração do futebol", denunciou o eterno camisa 10 da Argentina.

"Se ele representa a cara do futebol internacional, estamos mal", completou Maradona, que conquistou a Copa do Mundo em 1986.

"Ninguém apoia abertamente a Blatter, mas muitos acreditam que vai ganhar um quinto mandato. É um absurdo!", lamentou.

Blatter, de 79 anos, é o grande favorito às eleições presidenciais da Fifa, que serão realizadas no dia 29 de maio, em Zurique.

Seu único adversário é o príncipe jordaniano Alí, de 39 anos, um dos sete vice-presidentes da entidade.

 

Leia tudo sobre: maradonablatterfutebolfifa