Torcida critica vice-presidente e Luis Fabiano e poupa Ceni

Maior organizada do clube protesta na porta do Morumbi com camisas pretas simbolizando luto pelo momento do time

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Aproximadamente 80 torcedores da organizada Independente se reuniram no portão principal do estádio do Morumbi para protestar contra a equipe do São Paulo, que neste sábado (23) enfrenta o Joinville, às 18h30, pelo Campeonato Brasileiro.

Parte dos integrantes trajava camisa preta com os dizeres "luto pelo nosso glorioso São Paulo". Neste ano, o time foi eliminado da Libertadores pelo Cruzeiro (nas oitavas de final) e caiu na semifinal do Paulista.

Eles também cobraram reforços da diretoria e xingaram o vice-presidente do clube, Ataíde Gil Guerreiro. O presidente Carlos Miguel Aidar também foi citado.

Luis Fabiano -chamado de "pipoqueiro"-, Ganso, Souza e vários outros jogadores do elenco também foram alvo de protestos. O único poupado foi o goleiro Rogério Ceni, que anunciou recentemente que vai encerrar a carreira ao final de seu contrato.

A torcida levou bandeira na qual deu "parabéns" ao goleiro. "Esses jogadores frouxos estão manchando sua história vitoriosa e campeã", dizia outra faixa exibida pela torcida.