Substância parecida com droga e celulares são encontrados em presídio

Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) informou que um procedimento interno foi aberto para investiga o caso

iG Minas Gerais | CAMILA KIFER |

Agentes penitenciários do Presídio José Maria Alckmin, em Ribeirão das Neves, na Grande BH, encontraram dentro das celas dos detentos, nessa sexta-feira (23), substâncias parecidas com maconha e aparelhos celulares.

Foram localizados em celas dos pavilhões B, C, D e E aproximadamente 170 papelotes de farinha parecida com maconha, 34 buchas de um material parecido com a mesma droga e dois telefones. A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) confirmou que as substâncias foram encontradas durante a vistoria de rotina, que acontece diariamente no presídio.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e registrou um boletim de ocorrência. Um procedimento interno também foi aberto para tentar identificar o dono do material e descobrir como a droga e os telefones conseguiram entrar no presídio. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave