'Só peço o que o Santos pode pagar', diz Robinho sobre renovação

Vínculo do atacante com o Peixe se encerra no dia 1º de julho, quando chega ao fim seu contrato de empréstimo

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Experiente Robinho é a referência do Santos nesta temporada
RICARDO SAIBUN/SANTOS
Experiente Robinho é a referência do Santos nesta temporada

Depois de acertar a rescisão com o Milan e abrir o caminho para a renovação de contrato com o Santos, o atacante Robinho disse nesta quinta-feira (21) que o seu pedido salarial para um novo acordo está dentro da realidade do clube.

"Eu só peço o que o Santos pode pagar. A pedida salarial é de acordo com que o clube pode pagar. Se não puder, respeito e vou seguir a minha vida", disse Robinho.

No dia 12 de maio, o jogador entrou em acordo com o clube italiano e terá seu contrato rescindido ao fim do período de empréstimo para equipe alvinegra, em 1º de julho. Em contrapartida, o atleta abriu mão de algumas dívidas que o Milan tinha com ele.

Para continuar com o camisa 7 após o fim do empréstimo, o Santos só precisa negociar um novo contrato com Robinho, que deseja ficar na Vila Belmiro.

"Eu sempre vou dar preferência para o clube que me criou. Mas temos que acertar as pendências para depois acertar a renovação. Espero que eu possa continuar", disse.

"Eu não tenho pressa. A diretoria é que tem que se manifestar se tem pressa ou não. Eu sou profissional. O clube que fizer a melhor proposta, claro que vou escutar e estudar", afirmou.

Revelado nas categorias de base do Santos, Robinho começou sua terceira passagem pelo clube em agosto do ano passado, quando foi emprestado pelo Milan.

Após um Campeonato Brasileiro sem brilho, o atacante voltou a se destacar na campanha que levou a equipe alvinegra ao título paulista, no início deste ano.

Leia tudo sobre: robinhosantosrenovaçaocontratoemprestimomilan