Califórnia declara emergência após vazamento de petróleo

Equipes enviadas à região trabalhavam nesta quinta-feira (21) para retira o petróleo de locais como Refugio Beach

iG Minas Gerais | AFP |

Oil is seen on rocks at Refugio State Beach in Goleta, California, May 19, 2015.  An oil pipeline ruptured dumping oil into the Pacific Ocean near Santa Barbara, California, the US Coast Guard said. The spill was estimated at 21,000 gallons (80,000 liters) of oil, local media reported. AFP PHOTO/ ROBYN BECK
AFP
Oil is seen on rocks at Refugio State Beach in Goleta, California, May 19, 2015. An oil pipeline ruptured dumping oil into the Pacific Ocean near Santa Barbara, California, the US Coast Guard said. The spill was estimated at 21,000 gallons (80,000 liters) of oil, local media reported. AFP PHOTO/ ROBYN BECK

O governador da Califórnia, Edmund Brown, declarou emergência na área turística da costa do Pacífico próxima a Santa Barbara, afetada pela ruptura de um oleoduto que jogou centenas de milhares de litros de combustível no oceano.

"Vamos fazer tudo o que for necessário para proteger a costa da Califórnia", afirmou o governador ao anunciar a declaração de emergência.

Equipes enviadas à região trabalhavam nesta quinta-feira (21) para retira o petróleo de locais como Refugio Beach.

As autoridades calculam que pelo menos 400.000 litros de petróleo vazaram e que 80.000 litros atingiram o mar.

A mancha negra, que começou a ser formada na terça-feira (19), afetou 14 quilômetros de uma movimentada área turística ao Noroeste de Los Angeles, que se prepara para receber milhares de pessoas no próximo fim de semana, já que segunda-feira é feriado nos Estados Unidos.

As autoridades afirmam que a meta é minimizar o impacto ambiental e que a mancha não se prolongue pela costa.

O vazamento tem origem em um oleoduto da empresa Plains All America Pipeline, que explicou que o petróleo chegou ao mar por uma tubulação que já foi bloqueada.

Leia tudo sobre: Califórniaemergênciavazamentopetróleo