Ex-jogador Deco conhece a estrutura do Villa Nova

Visita de cortesia não teve relacionamento com uma possível parceria para ajudar no futebol

iG Minas Gerais | VINÍCIUS SILVEIRA |

Deco lamentou situação do Villa e disse que torce por recuperação do clube
Twitter/Reprodução
Deco lamentou situação do Villa e disse que torce por recuperação do clube

De olho em investidores para gerirem o departamento de futebol do clube, o Villa Nova recebeu nesta quarta-feira a visita do ex-jogador Deco, que atualmente representa a Gestifute, empresa portuguesa que cuida da carreira de jogadores pelo mundo. A passagem de Deco pelo Estádio Castor Cifuentes foi tratada como uma visita de cortesia.

“Vim a Belo Horizonte para uma reunião com a diretoria do Atlético. A minha visita foi apenas para conhecer a estrutura do Villa Nova. Tomei conhecimento da situação financeira complicada do clube e vou ficar na torcida para que ele possa se recuperar”, afirmou Deco, que estava acompanhado dos empresários  Alberto Simão e Renê Salviano, que trabalham com gestão de futebol.

Alberto Simão foi diretor-executivo do Tupi na temporada passada, quando o clube de Juiz de Fora quase conseguiu o acesso à Série B. “A visita do Deco foi apenas aproveitando a presença dele aqui em Belo Horizonte. Ele conheceu o Villa Nova e o novo CT da equipe que é muito bonito. Não mais do que isso. O Villa precisa de um novo norte, um caminho melhor e torcemos para que isso aconteça”, afirmou Alberto Simão.

As dívidas do Villa Nova somam cerca de R$ 8,5 milhões, sendo que R$ 4,5 milhões se referem a débitos trabalhistas. Para quitar esses valores com os ex-jogadores, o parque aquático do clube vai a leilão no dia 27 de maio. As dificuldades extra-campo acabam atrapalhando o futebol. Apesar de já ter garantida uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro, o Leão do Bonfim ainda não confirmou participação na competição.

“O Deco tomou conhecimento do momento atual do Villa Nova e foi só isso. É claro que se pudéssemos fazer uma parceria seria muito bom para o clube e a cidade”, afirmou o vice-presidente do Villa Nova, Tiago Tito, que representou a diretoria do clube e a prefeitura da cidade na visita.

(*) com supervisão de Leandro Cabido