Brasil gastará mais de R$ 400 milhões com defesa militar para Rio 2016

Valores foram anunciados pelo ministro da Justiça, Jaques Wagner, que ressaltou a importância do investimento nas Forças Armadas

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

undefined
Divulgação
undefined

Além de querer realizar um dos melhores Jogos Olímpicos da história, o Brasil também pretende ter  umas das disputas mais seguras de todos os tempos. Para isso, o governo não poupará investimentos na segurança durante a realização da competição.

Nesta quarta-feira, o ministro da defesa, Jaques Wagner, declarou que, neste ano, o ministério receberá R$ 200 milhões e, em 2016, R$ 106,8 milhões de investimentos. Sem contar os mais de R$ 100 milhões que o Brasil já gastou desde que o Rio foi escolhido como a sede dos Jogos.

Wagner informou que mais de 37 mil militares serão empregados durante as Olimpíadas pelas Forças Armadas. O ministro participou, nesta quarta-feira, de uma audiência pública na Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara, onde explicou os motivos para os gastos com a defesa.

“O Brasil precisa entender por que gastamos com defesa. Pagamos o seguro do carro doidos para não batermos o carro, mas para usar se for necessário. Nós gastamos com defesa doidos para não precisar usar”, comparou o ministro.

Leia tudo sobre: Jogos OlimpicosRio2016gastossegurançaDefesaforças armadasministroJaques Wagner