Transatlântico com 3.500 pessoas a bordo desencalha nas Bermudas

Navio cruzeiro sofreu pane elétrica e encalhou e saiu ligeiramente da rota; guarda costeira norte-americana enviou equipe para a área

iG Minas Gerais | AFP |

Um navio de cruzeiro com 3.500 pessoas a bordo desencalhou, durante a noite desta terça-feira (19), na maré alta, após sofrer pane elétrica e encalhar nas Bermudas, segundo a companhia Norwegian Cruise Line. As pessoas passam bem e transatlântico está ancorado em um local próximo ao ponto do acidente.

"Aproximadamente às 17H00 local, o Norwegian Dawn teve uma pane temporária em seu sistema de direção, o que fez o navio sair ligeiramente da rota quando zarpava das Bermudas e encalhar no fundo do mar", informou a empresa com sede em Miami.

O navio havia zarpado de King's Wharf, no arquipélago britânico no Atlântico, quando aconteceu o acidente.

"Todos os hóspedes e a tripulação estão bem. O barco tem energia, e os serviços a bordo continuam sendo prestados normalmente", afirmou a Norwegian Cruise Line, acrescentando que a tripulação está avaliando as condições do navio.

Autoridades e engenheiros, assim como uma equipe de mergulhadores, confirmaram que o navio não sofreu danos.

A Guarda Costeira norte-americana enviou embarcações para a área, informou a imprensa local.

De 92 toneladas e quase 300 metros de comprimento, o navio partiu de Boston, no Nordeste dos Estados Unidos.

Nesta quarta-feira (20) será "inspecionado nas Bermudas pela DNV GL, empresa especializada na avaliação de navios, para então regressar a Boston.

Leia tudo sobre: TransatlânticodesencalhaBermudasnavio cruzeiro