Argentina apreende mais de 100 espécies brasileiras contrabandeadas

Do total de 147 animais que tentaram fazer entrar a bordo de um ônibus de turismo na fronteira entre Argentina e Brasil, 46 estavam mortos no momento da apreensão

iG Minas Gerais | AFP |

Cerca de 100 animais silvestres protegidos, entre eles lagartos, tartarugas e serpentes provenientes do Brasil, foram resgatados na província argentina de Corrientes (nordeste) e outros 46 estavam mortos enquanto eram transportados como contrabando - informou nesta terça-feira polícia militar da Argentina.

Do total de 147 animais que tentaram fazer entrar a bordo de um ônibus de turismo na fronteira entre Argentina e Brasil, 46 estavam mortos no momento da apreensão.

O veículo tinha deixado a cidade de São Paulo com destino a Buenos Aires, explicou a polícia.

A polícia detectou no ônibus duas mochilas que estavam emanando maus odores e solicitou que eles fossem abertas, encontrando os animais envoltos em roupas.

De acordo com o comunicado de imprensa, tratava-se de 60 lagartos, 38 tartarugas, duas jiboias amazônicas e um filhote de anaconda.

Além disso, 42 lagartos e quatro tartarugas sem vida.

A lei argentina proíbe a caça de animais selvagens, a destruição de ninhos, ovos e filhotes; bem como o trânsito e comercialização de couros, peles e produtos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave