Corinthians não pretende renovar com Emerson, que sai em julho

Será o início da reformulação da equipe, e todos os jogadores caros que não renderam serão dispensados

iG Minas Gerais | Folhapress |

Sheik brincou com os jornalistas e pediu
DANIEL AUGUSTO JR/AE
Sheik brincou com os jornalistas e pediu "um tempinho"

O atacante Emerson não terá o seu contrato renovado pelo Corinthians. O vínculo atual acaba em 31 de julho. O clube decidiu que pretende cortar gastos na folha de pagamentos e fará um planejamento para a próxima temporada com atletas mais jovens. Emerson tem 36 anos.

É o início de uma reformulação depois da eliminação nas oitavas de final da Libertadores ante o modesto Guaraní-PAR. No clube, não é usada a expressão "caça às bruxas", mas jogadores caros que não rendem efetivamente na maioria das partidas perderão espaço.

É o caso de Emerson. Emprestado no ano passado ao Botafogo após ser vetado pelo então técnico Mano Menezes, o jogador começou bem a temporada atual e em alta com o técnico Tite, mas aos poucos foi caindo de produção.

O jogador era um dos seis a quem o clube devia direitos de imagem - parte do salário dos atletas que não é registrada em carteira de trabalho. Na semana passada, o clube conseguiu um empréstimo de aproximadamente R$ 6 milhões para quitar parte das dívidas.

Emerson já pode acertar pré-contrato com qualquer clube e o clube deve liberá-lo tão logo um acordo com outra agremiação seja firmado.

O atacante chegou ao Corinthians em 2011 e foi peça importante nos títulos da Libertadores de 2012 e do Mundial, no mesmo ano. Em julho de 2013 renovou por mais duas temporadas, mas o desempenho nunca mais foi o mesmo desde então.

O clube ainda não confirma oficialmente a recusa na renovação. Procurado, o empresário do atleta, Reinaldo Pitta, não atendeu as ligações.

Leia tudo sobre: emerson sheikmundialfutebolcorinthianscontratojulhobotafogoreformulação