Selo abre portas para café de MG

iG Minas Gerais |

Em meio a crise da estiagem, que tem derrubado a produção nas lavouras, mais uma porta internacional se abre para o café mineiro. A partir de hoje, todo produtor que possuir o selo Certifica Minas será automaticamente habilitado a vender para gigantes do mercado reunidos na associação 4 C: o Código Comum para a Comunidade Cafeeira, como a Nestlé, Kraft, Sara Lee, Tchibo e Neumann Group. Estima-se que a associação seja responsável pela produção de mais da metade do café do mundo.

O secretário de agricultura e pecuária de Minas Gerais, João Cruz Reis, assina hoje a parceria com a certificadora alemã. Ao todo, 1.300 propriedades rurais de Minas já possuem o selo Certifica Minas, que será equiparado ao selo 4C.

O projeto é uma iniciativa alemã, criado em 2003 para ampliar a oferta de café verde produzido com critérios de sustentabilidade. Quem faz parte do grupo só compra café de alta qualidade.(QA)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave