Insatisfeita com punição, Fifa pode tirar vaga da Copa da Conmebol

Insatisfeita pela pena 'branda' aplicada pela Conmebol ao Boca Juniors, Fifa deve tirar a 'quinta vaga' do continente

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A punição branda imposta pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) ao Boca Juniors, por conta do episódio lamentável ocorrido na partida de volta das oitavas de final da Libertadores ante o River Plate, pode influenciar nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018. Ao que tudo indica, a América do Sul perderá o direito de disputar a repescagem, ou seja, será extinta a chance de colocar cinco seleções do continente no próximo Mundial.

A Conmebol resolveu excluir o Boca da competição sul-americana, depois dos atos hostis de seus torcedores contra os jogadores do River. Mas a Fifa queria uma punição exemplar, com o time da Bombonera impedido de participar de torneios sul-americanos por vários anos.

Segundo o site esportivo As, a Conmebol já foi informada de que o continente irá perder a vaga para a repescagem da Copa do Mundo. Seria uma compensação por não ter punido o Boca de maneira mais severa. Isso quer dizer que a América terá quatro classificados para o Mundial da Rússia e não mais a oportunidade de ter cinco.

Mais informações em instantes

Leia tudo sobre: AtléticoCruzeiroGaloRaposaBoca JuniorsLibertadoresRiver PlateConmebolFifa