Justiça cria grupo para aprimorar monitoramento e controle de armas

De acordo com o texto, o grupo composto por 18 membros também ficará responsável por avaliar a campanha do desarmamento e propor ações para mobilização social em torno do tema

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

undefined
undefined

Portaria do Ministério da Justiça publicada nesta segunda-feira (18) no Diário Oficial da União institui grupo de trabalho para apresentar medidas de aprimoramento dos mecanismos de monitoramento e controle de armas no Brasil.

De acordo com o texto, o grupo também ficará responsável por avaliar a campanha do desarmamento e propor ações para mobilização social em torno do tema, visando a garantia de maior eficácia dos objetivos pretendidos pelo Estatuto do Desarmamento.

O grupo de trabalho será composto por no máximo 18 participantes, sendo nove representantes do governo federal, nove da sociedade civil, e será coordenado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Leia tudo sobre: Justiçagrupocontrolearmas