Enrique Osses e Wilmar Roldán apitarão duelos entre Cruzeiro e River

Chileno e colombiano estão entre os melhores árbitros da América do Sul; confrontos das quartas de final acontecerão nesta quinta e na quarta da semana que vem

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Chileno Enrique Osses será o dono do apito em Buenos Aires
DIVULGAÇÃO/CONMEBOL
Chileno Enrique Osses será o dono do apito em Buenos Aires

A Conmebol definiu nesta quarta-feira os árbitros que ficarão responsáveis pelo duelo entre Cruzeiro e River Plate, válido pelas quartas de final da Libertadores 2015. No jogo de ida, marcado para a próxima quinta-feira, às 22h, em Buenos Aires, o dono do apito será o chileno Enrique Osses. Já na volta, na próxima quarta-feira, no Mineirão, também às 22h, quem comandará a partida é o colombiano Wilmar Roldán.

Os dois árbitros acumulam vasta experiência no futebol sul-americano e estão entre os melhores do continente. Osses, por exemplo, foi eleito o melhor juiz da América do Sul em 2012 ao apitar as finais da Copa Libertadores e Sul-Americana.

O chileno também conserva uma história peculiar com o Cruzeiro. Em 2009, pelo jogo de ida das semifinais da Libertadores contra o Grêmio, no Mineirão, Osses saiu contundido de campo. Ele sentiu a panturrilha, recebeu atendimento médico, mas acabou 'substituído' pelo compatriota Jorge Osório.

Já Roldán foi o dono do apito no segundo jogo da final da Libertadores 2012 e também foi o responsável pela arbitragem do duelo entre Atlético e Olímpia, na grande decisão do torneio continental em 2013.

 

Leia tudo sobre: futebol nacionalcruzeiroraposaarbitragemriver plate