Prefeito vai precisar superar percalços

Os problemas com os viadutos da cidade ainda provocam contratempos políticos, já que os vereadores ameaçam abrir uma CPI para investigar o caso

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Embora tenha apoio dos caciques do PSB e tenha melhorado sua desenvoltura como político, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), vai precisar superar as fissuras em sua imagem após a investigação da queda do viaduto Batalha do Guararapes, conduzida pelo Ministério Público e pela Polícia Civil, as dificuldades financeiras da prefeitura e a desobediência da base na Câmara Municipal, além da resistência do presidente estadual do PSB, Júlio Delgado, em deixar o cargo para Lacerda.

A Polícia Civil indiciou 19 pessoas pela tragédia provocada pela queda do viaduto às vésperas da Copa do Mundo. A investigação aponta que o Executivo sabia que a obra estava com problemas, mas mandou seguir normalmente.

Os problemas com os viadutos da cidade ainda provocam contratempos políticos, já que os vereadores ameaçam abrir uma CPI para investigar o caso. Além disso, alguns parlamentares têm adotado postura de oposição para exigir cargos na administração municipal.

Outro ponto que pode atrapalhar Lacerda é Júlio Delgado, que deseja se manter como presidente do PSB -MG, o que pode gerar um racha na sigla. 

“Tucano”

Cisão. De acordo com informações de bastidores, a relação de Marcio Lacerda e Júlio Delgado é tortuosa. Internamente, o atual presidente da sigla é visto como “muito tucano”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave