Após começo 'azarado', Givanildo mantém confiança na recuperação

Em dois jogos na competição, time alviverde empatou uma partida e perdeu a outra

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Givanildo Oliveira lamentou lances pontuais que atrapalharam o Coelho no torneio
AFC/DIVULGAÇÃO
Givanildo Oliveira lamentou lances pontuais que atrapalharam o Coelho no torneio

O início ruim do América na Série B do Campeonato Brasileiro – um empate e uma derrota –preocupa o técnico Givanildo Oliveira. O treinador, por sua vez, credita parte da má fase da equipe à falta de sorte das últimas partidas.

“Tem momentos no futebol que a sequência não ajuda. A gente está passando por uma dessas. São três jogos que fizemos com situação assim. No primeiro jogo teve gol contra, depois um erro grotesco contra o Bahia. Hoje (sábado), numa bola que não tinha como chutar, bate na mão (do Wesley Matos). Pênalti.”, lamenta o treinador.

Givanildo, no entanto, tem plenas convicções que a situação vai melhora. “Estamos numa situação complicada. Não é impossível de se resolver. Nós vamos resolver, sim”, ponderou o técnico alviverde.

Com apenas um ponto conquistado em dois jogos, o Coelho figura atualmente na zona de rebaixamento para a Série C. “Já tem três times com seis pontos e não podemos ficar para trás. O próximo jogo temos que ganhar de qualquer jeito. O trabalho está sendo feito”, afirmou Givanildo Oliveira.

O próximo compromisso da equipe na competição é diante do Santa Cruz, sábado, no Independência. Antes, na quarta, o time enfrenta o Ceará, em Fortaleza, pela Copa do Brasil. Na partida de ida, as equipes empataram em 1 a 1.

Leia tudo sobre: AméricaGivanildo Oliveira