'Eu sempre tive um ídolo, que é o Casillas, do Real'

O jovem chegou a treinar na base do América e acabou dispensado, considerado baixo para sua posição. A confiança ficou abalada, mas a história hoje é apenas passado

iG Minas Gerais | Débora Ferreira |

Já faz muito tempo que atuar nos gigantes da Europa é o sonho número 1 dos atletas das categorias de base do Brasil. As preferências variam, mas o motivo pode ser, por exemplo, jogar ao lado de seu ídolo. No caso do goleiro Arnaldo Ribeiro Pereira, de Betim, o objetivo é se aproximar de Casillas. “Sempre tive um ídolo, que é o Casillas. O Júlio César também. Tento me espelhar neles, são bons profissionais, bons homens, tento sempre refletir minhas atuações neles, procuro ver como se posicionam, sempre tento imitá-los. Se eu pudesse ir para qual qualquer time do mundo, iria para o Real Madrid. Lá é outro mundo”, revela ele, que quase teve seu sonho ameaçado. O jovem chegou a treinar na base do América e acabou dispensado, considerado baixo para sua posição. A confiança ficou abalada, mas a história hoje é apenas passado. Com maturidade, ele já pensa longe. “Está faltando um pouco de patriotismo nas pessoas, que deixam de apoiar seu país e preferem pensar só em si. Acho que representar o país é o ápice do jogador”, conclui.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave