Empresa aposta em criação com base na mobilidade urbana

Para investir nessas construções multiuso, a EPO fez pesquisas de mercado e observações em outros países

iG Minas Gerais | Helenice Laguardia |

O diretor-presidente do Grupo EPO, Gilmar Dias, garante que a bola da vez no mercado imobiliário são os shoppings. “É levar o empreendimento para perto das pessoas. Isso é mobilidade urbana, e estamos trabalhando na direção de criar essa mobilidade”, afirma o executivo.

Por isso, Dias conta que o Grupo EPO está apostando em empreendimentos com a característica de uso misto, ou seja, área comercial na base da construção e residencial e corporativo em cima.

Desse tipo, a EPO está desenvolvendo complexos no Alphaville, em Nova Lima, e outros em Contagem e Lagoa Santa, todos na região metropolitana de Belo Horizonte. Essa comodidade é para que as pessoas possam morar, fazer compras, e trabalhar. “Tudo num complexo”, define o executivo.

Para investir nessas construções multiuso, a EPO fez pesquisas de mercado e observações em outros países. “Fizemos uma pesquisa de mercado entendendo essa questão da mobilidade urbana e estamos certos de que temos que levar o equipamento (construção) para perto das pessoas, para que elas possam usar menos o carro”, defende.

No mundo, Dias informa que as construções também caminham nesse sentido. “Se for para a Ásia, América do Norte, é tudo assim. E no Brasil teremos que seguir essa tendência, ainda mais que não temos infraestrutura de transporte, não tem metrô”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave