Prefeito de Uberaba, Piau vai a polícia por crítica no Facebook

Apesar da nota e da ação judicial, a prefeitura afirma que “críticas e sugestões são bem vindas”

iG Minas Gerais | RICARDO CORRÊA / Lucas Ragazzi |

O prefeito de Uberaba, Paulo Piau (PMDB), registrou, na semana passada, um boletim de ocorrência contra contas anônimas que criticam a administração municipal no Facebook. Formulada na quarta-feira, a queixa mira, principalmente, duas páginas da rede social, a “Reclame Uberaba” e “Acorde Uberaba”, que fazem denúncias e divulgam reclamações contra a prefeitura. De acordo com o prefeito, as postagens são “difamatórias”, contém ameaças e incitam a violência. Perfis pessoais que fizeram comentários em postagens contra a administração de Piau também foram denunciados à polícia.

“Tais fatos são ameaças, incitações a atos violentos, difamações e calúnias de forma orquestrada nas redes sociais, com consequência prejudicial da desenvoltura de serviços públicos prestados à coletividade”, mostra nota divulgada pela Prefeitura de Uberaba, que informa, ainda, que Paulo Piau decidiu realizar a denúncia por motivos “pessoais e familiares”.

“A rede social é um instrumento de comunicação importante e deve ser tratado com responsabilidade e não servir de mecanismos para ameaças e agressões pessoais”, mostra outro trecho da nota divulgada pela prefeitura.

Apesar da nota e da ação judicial, a prefeitura afirma que “críticas e sugestões são bem vindas”. O Aparte tentou entrar em contato com os responsáveis pelas duas páginas acionadas pelo prefeito Paulo Piau, mas, até o fechamento desta edição, nenhum deles respondeu e nem se manifestou sobre a questão. 

Espionagem promovida Foi nomeado neste sábado para dirigir a Diretoria de Gestão do Sistema Único de Assistência Social da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Wellington do Carmo Faria. Ex-servidor da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte, Wellington do Carmo Faria se envolveu, na eleição de 2012, em uma polêmica. Na época, auge da disputa entre Marcio Lacerda (PSB) e Patrus Ananias (PT) para o comando da Prefeitura de Belo Horizonte, funcionários da administração municipal denunciaram que Wellington havia tentado fazer “gravações ilegais com o objetivo de produzir situações retiradas do contexto para embasar acusações” contra a candidatura de Lacerda. O caso foi parar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na Utramig A nomeação da ex-deputada Liza Prado (PROS) para a presidência da Fundação de Educação para o Trabalho do Estado de Minas Gerais (Utramig) foi aprovada pela Comissão Especial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) na quinta-feira. A relatora da comissão, Ione Pinheiro (DEM), afirmou, em seu parecer, que a indicada demonstrou conhecimento sobre a instituição, capacidade e comprometimento com os princípios da fundação. “Aos 50 anos, a Utramig está renascendo com sua presença”, elogiou a deputada. Ela se disse muito feliz com a indicação de Liza Prado e por seu compromisso com a inclusão social das pessoas com deficiência. “Não podemos fechar os olhos para essas pessoas. Nosso governador está de parabéns”, afirmou.

FOTO: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Valorização do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil

Protesto. Em ato de protesto e defesa de uma maior valorização do Sistema Único de Saúde (SUS) no Brasil, enfermeiros de São Paulo promoveram neste sábado um dia de atendimento à população na Praça da Sé, na região central da cidade de São Paulo.

36,5 mil É O NÚMERO total de processos em aberto no Supremo Tribunal Federal (STF). Apesar do trabalho e discussões da Corte, o número fica maior a cada dia.

Auxílio esportivo Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 8.175, de autoria do deputado Damião Feliciano (PDT-PB), que cria o Fundo de Incentivo ao Esporte. O objetivo da proposta é financiar, exclusivamente, projetos que promovam o desenvolvimento da prática desportiva no país. De acordo com o texto, o fundo poderá financiar até 80% do custo total de cada projeto, mediante comprovação por parte do proponente, ainda que pessoa jurídica de direito público, da possibilidade de dispor do montante remanescente ou de estar habilitado a sua obtenção.

Agraciada A ex-vereadora Neila Batista (PT) foi nomeada, neste sábado, para ocupar um cargo na Superintendência de Diálogo Social, Articulação e Mídia da Secretaria de Estado de Governo de Minas. Ela, que tentou reeleição em 2012 mas não obteve sucesso, também já trabalhou no governo federal, só que em uma área completamente diferente da que ocupará na administração Fernando Pimentel. Entre 2009 e 2011, Neila foi diretora do Departamento de Gestão Integrada da Política de Segurança Nutricional, que responde ao Ministério Desenvolvimento Social (MDS).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave