Conmebol exclui Boca da Libertadores e Bombonera passa impune

Entidade sul-americana aplicou quatro sanções ao clube, mas todas válidas apenas para 2015, ao contrário do que havia sido especulado

iG Minas Gerais | Da redação |

Conmebol aplica penas até rigororosas em vista de seus padrões
Reprodução
Conmebol aplica penas até rigororosas em vista de seus padrões

A Conmebol acaba de anunciar a punição ao Boca Juniors pelos confusões no superclássico, ocorrido na última quinta-feira, entre Boca Juniors e River Plate. A equipe resolveu desclassificar a equipe da Libertadores deste ano e aplicar uma multa de US$ 400 mil, além de colocar o time para jogar os próximos quatro jogos de competições sul-americanas de portões fechados, e proibir torcida também em mais quatro partidas como visitante. Com isso, o River Plate será mesmo o adversário do Cruzeiro, que embarca para a Argentina nesta semana.

Depois de uma longa espera, a entidade divulgou em seu perfil oficial a série de punições. Ao contrário do que era especulado,  todas as aplicações valem apenas para este ano. A imprensa argentina chegou a falar em exclusão por até dois anos de competições sul-americanas e considerou "barata" a pena recebida.

A Bombonera, que poderia ser interditada para duelos da equipe, já que não apresentou a segurança necessária, não sofreu nenhuma pena. Ela inclusive poderá será utilizada nos jogos de portões fechados, que exclui apenas os torcedores.

No comunicado enviado pela Conmebol, a organização reitera o fato de que o não cumprimento de qualquer dos itens podem gerar novas punições, e também ressalta que a decisão cabe recurso, a ser apresentado dentro de um prazo de sete dias.

 

Leia tudo sobre: conmebolboca juniorsriver plate