Jovem é morto com 12 tiros depois de brigar e ameaçar companheira

Homem foi assassinado na cama em que dormia; na noite anterior ele estaria descontrolado, sob influência de cocaína, chegando a atirar a esmo e a ameaça a amásia

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Um rapaz de 22 anos foi assassinado com 12 tiros, na manhã deste sábado (16), depois de brigar com a companheira e proferir ameaças contra ela, na noite desta sexta-feira (15), em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte. 

Segundo a Polícia Militar (PM), a amásia da vítima e suas irmãs acionaram a corporação na rua 12, no bairro Promissão, no início da manhã. Elas contaram que o casal brigou na noite anterior e foram separados pelos familiares, sendo levados para a casa da mãe delas. 

Lá, a vítima pegou uma arma e chegou a efetuar vários disparos, sendo que as cápsulas foram recolhidas e entregues à polícia. Em seguida, o rapaz teria saído da casa da sogra transtornado, sob efeito de cocaína, e retornou ameaçando de matar a companheira caso ela não fosse para casa com ele. 

Como a mulher se recusou a ir para casa, a sogra conseguiu acalmar o jovem e deitá-lo em um quarto para dormir. Mães e filhas dormiram juntas em outro cômodo da casa, sendo que pela manhã a sogra da vítima saiu para trabalhar. Pouco tempo depois, a companheira dele e as irmãs acordaram com barulhos de tiros. 

Conforme a versão das irmãs, assim que saíram do quarto elas viram três pessoas correndo para a parte de fora da casa, além de um carro escuro fugindo em direção ignorada. A perícia da Polícia Civil foi acionada e constatou as 12 perfurações no corpo do rapaz. 

A princípio não há informações sobre os suspeitos ou motivo do crime, que será investigado pela Delegacia de Homicídios. 

Leia tudo sobre: rapazmortobrigaameaçasatirar12 tiroslagoa santaassassinado