São Paulo tenta fechar feridas da Libertadores

Às 18h30, a equipe enfrenta a Ponte Preta, em Campinas, pela segunda rodada do Brasileiro, buscando a vitória para animar o elenco

iG Minas Gerais | Folhapress |

SÃO PAULO, SP - O São Paulo tenta começar a fechar neste domingo (17) as feridas abertas pela eliminação nas oitavas de final da Libertadores para o Cruzeiro, na última quarta-feira (13).

Às 18h30, a equipe enfrenta a Ponte Preta, em Campinas, pela segunda rodada do Brasileiro, buscando a vitória para animar o elenco.

Depois da eliminação, o técnico Milton Cruz relatou um clima de velório no vestiário, com atletas abatidos e alguns até chorando.

Para levantar o moral do grupo, o treinador fez uma reunião na última sexta (15). "Todos deram apoio e frisaram que, se ficarmos tristes, as coisas vão demorar a engrenar. O assunto principal foi sobre erguer a cabeça", disse o lateral direito Bruno. "Temos que ir atrás dos resultados e somar pontos, porque o objetivo agora é o Brasileiro."

O estádio Moisés Lucarelli terá portões fechados porque a Ponte Preta foi punida em razão de briga entre torcedores em jogo contra o Joinville pela Série B, no final de 2014.

Ponte Preta

Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Josimar, Fernando Bob e Renato Cajá; Biro Biro, Felipe Azevedo e Diego Oliveira T.: Guto Ferreira

São Paulo

Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson, Souza, Wesley, Ganso e Centurión; Pato T.: Milton Cruz

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas Horário: 18h30 Árbitro: Raphael Claus (SP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave