Diretoria muda 'plano de voo' por indefinição de adversário na Liberta

Sem saber se enfrentará Boca Jrs ou River Plate, diretoria altera logística de viagem após partida contra o Santos

iG Minas Gerais | GUILHERME GUIMARÃES E JOSIAS PEREIRA |

A indefinição sobre o adversário do Cruzeiro na Copa Libertadores da América fez a diretoria cruzeirense mudar o “plano de voo” da Raposa visando o confronto com um dos rivais argentinos, Boca Juniors (ARG) ou River Plate (ARG), nas quartas de final da competição continental. Como até agora a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) não definiu o desfecho da confusão na qual os hermanos estiveram envolvidos no jogo da volta das oitavas de final, a diretoria azul definiu um pré-planejamento logístico da viagem. A ideia é voltar a Belo Horizonte depois do embate contra Santos, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, e viajar à Argentina em voo fretado na terça.

Antes de os rivais hermanos se envolverem em uma enorme baderna no estádio La Bombonera, a diretoria celeste havia previsto duas alternativas de traslado. A intenção da Raposa era ir direto para Buenos Aires após o jogo contra o Peixe, sem retornar a Belo Horizonte, caso o adversário fosse o River Plate. Se o rival da vez fosse o Boca Juniors, a delegação celeste retornaria à capital mineira e viajaria apenas na terça para a Argentina.

Como o River Plate terminou em pior classificação que o Cruzeiro na primeira fase da Libertadores, fará a partida de ida das quartas de final em casa. O Boca Juniors, melhor equipe da fase classificatória, tem o direito de decidir, caso avance no torneio, todos os mata-matas em casa.  

Leia tudo sobre: cruzeiroraposalibertadoressantosriver planteboca juniors