Em menos de 30 dias estações do Move deverão contar com segurança 24h

Resultado da licitação foi publicado nesta sexta-feira (15) no Diário Oficial do Município; no total, 192 vigilantes atuarão nas estações

iG Minas Gerais | BRUNA CARMONA |

Estações do Move são alvo frequente de vândalos e assaltantes
MOISES SILVA /O Tempo
Estações do Move são alvo frequente de vândalos e assaltantes

Dentro de menos de 30 dias as estações do Move contarão com seguranças para vigiar as estruturas 24h por dia. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (15), após homologação no Diário Oficial do Município (DOM) do resultado da licitação para a contratação da empresa que contratará os 192 vigilantes. 

De acordo com a BHTrans, a licitação foi feita na modalidade pregão presencial, tendo a empresa sido escolhida pelo menor preço global. O modelo garante a prestação de serviços dentro das condições e termos definidos no Edital e seus Anexos.

Participaram da licitação dez empresas, sendo que a vencedora foi a empresa Essencial Sistema de Segurança Eirelli, pelo preço global de R$ 20.367.993,16. O prazo inicial do contrato é de 20 meses. A abertura da sessão foi no dia 28 de abril, quando a documentação foi apresentada pelas empresas. O processo foi retomado no dia 6 deste mês. 

Segundo a empresa que administra o trânsito da capital, a assinatura do contrato deverá acontecer até o fim de maio e, logo depois, será emitida a ordem de serviço. Então, a empresa terá um prazo de 10 dias para iniciar os serviços de vigilância. Até então, as estações de transferência estão sendo monitoradas pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar. O Centro de Operações da Prefeitura de Belo Horizonte também vinha contribuindo para a fiscalização e monitoramento da operação nas estações.

Como funcionará

De acordo com a BHTrans, todas as estações de transferência gerenciadas pelo órgão contarão com um vigilante diariamente, sendo que algumas estações contarão com dois, de acordo com a necessidade.

Os vigilantes estarão equipados com cacetetes de borracha, sprays de pimenta, algemas, rádios comunicadores, coletes a prova de balas, entre outros equipamentos, com o objetivo de oferecer maior segurança aos usuários.