STF autoriza Roberto Jefferson a cumprir pena em casa

Jefferson está preso na Casa do Albergado Coronel PM Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, mas deve ir para casa na próxima segunda-feira

iG Minas Gerais | da redação |

Levantamento feito pela CGU revelou arrecadação ilícita de verbas ao PTB
ALEX DE JESUS - 28.6.2008
Levantamento feito pela CGU revelou arrecadação ilícita de verbas ao PTB
Ontem foi concedido, pelo ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), uma autorização para que o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) cumpra o resto de sua pena em regime aberto. O ex-deputado havia sido condenado, em 2012, pela Suprema Corte a sete anos e 13 dias por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no escandâlo do mensalão.   Jefferson está preso na Casa do Albergado Coronel PM Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, mas deve ir para casa na próxima segunda-feira (18).   Na decisão, Barroso aponta o comportamento de Jefferson como ótimo, além de ter quitado a multa de R$ 840.862,54, indispensável para que tivesse o regime alterado. O fato de Roberto estar empregado em um escritório de advocacia também foi levado em conta pelo juiz.   O ex-deputado, que já teve seu pedido de cumprir a pena em domicílio negado, no ano passado, teve um câmcer no pâncreas em 2012 e argumentava que, por isso, precisava de tratamento especial.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave