Blatter tem esperança de achar solução para conflito Israel-Palestina

Palestina alega vários problemas criados por Israel no que diz respeito ao futebol para querer uma punição da entidade máxima do futebol mundial

iG Minas Gerais | AFP |

Blatter está na FIFA desde 1998 e quer o quinto mandato
FIFA/ Divulgação
Blatter está na FIFA desde 1998 e quer o quinto mandato

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, que se reunirá na próxima semana com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e com o presidente palestino, Mahmud Abbas, tem a esperança de encontrar uma solução para o conflito no Oriente Médio.

O encontro acontecerá no momento em que a Palestina deseja a suspensão de Israel pela entidade que comanda o futebol mundial.

"Na companhia do secretário-geral, vamos visitar na terça-feira Israel, onde nos encontraremos com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. No dia seguinte, vamos a Ramallah e nos reuniremos com o presidente Abbas. Esperamos que, ao fim do dia, possamos ter um resultado positivo e talvez uma solução", disse Blatter, que pediu que Israel faça "concessões".

A Palestina denuncia "o comportamento racista de Israel contra os árabes" e a criação de "cinco clubes em colônias implantadas em terras ocupadas desde 1967, clubes que participam nos campeonatos nacionais israelenses em violação ao direito internacional".

Também acusa Israel de prejudicar as atividades esportivas nos territórios ocupados, sobretudo com a imposição de restrições de movimento entre a Faixa de Gaza e a Cisjordânia ocupada, assim como o controle da importação de equipamentos esportivos.

A Federação Palestina planeja apresentar um projeto de resolução com um pedido de suspensão de Israel no próximo congresso da entidade, que começa em 28 de maio. Para ser aprovado, precisa receber três quartos dos votos dos 209 membros.

Leia tudo sobre: BlatteresperançaacharsoluçaoconflitoIsrael-Palestina