Boca x River: imprensa pelo mundo repercute a vergonha argentina

Sites de jornais da América Latina e Europa relataram os fatos do clássico pela Copa Libertadores

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O espanhol Marca chama o vídeo da
Reprodução/Marca
O espanhol Marca chama o vídeo da "guerra química" que ocorreu na Bombonera

O vergonhoso clássico entre Boca Juniors e River Plate na noite da última quinta-feira ganhou na imprensa internacional. Sites de jornais de todo o mundo relataram em detalhes o episódio com fotos, vídeos, matérias e artigos, ressaltando os diversos problemas enfrentados pelo futebol argentino - fato não exclusivo deste país.

Este clássico Boca x River é válido pelas oitavas de final da Copa Libertadores e vai definir o adversário do Cruzeiro na fase sequente do torneio internacional. A partida que acontecia no estádio La Bombonera, mando do Boca, foi paralisado no intervalo, quando integrantes da barra - torcida organizada - do time da casa atingiu com spray de pimenta - rádios argentinas indicam que pode ter sido bengalas de ácidos - os jogadores do River Vangioni, Funes Mori e Ponzio, que ficaram com irritação no rosto e marcas vermelhas pelo corpo.

Os atletas ainda ficaram "presos" dentro do gramado por mais de uma hora diante da torcida do Boca que impedia o acesso dos jogadores no vestiário. A polícia acabou fazendo um corredor protegendo os Millonarios com escudos, já que não conseguia conter os torcedores na arquibancada.

A Conmebol ainda não informou oficialmente se o segundo tempo acontecerá, ou se o River Plate será classificado "automaticamente". Algumas rádios da Argentina indicaram que os 45 minutos finais poderão ser disputados no sábado, em algum estádio de Buenos Aires.

Leia tudo sobre: boca juniorsinternacionalriver plate