Crimes caem, mas roubos crescem

Em Belo Horizonte, o número de roubos nos primeiros quatro meses de 2015 foi de 12.739, 10,33% a mais que os 11.546 do período em 2014

iG Minas Gerais |

Índices dos nove crimes caíram em Minas na comparação do primeiro quadrimestre deste ano com igual período de 2014. Conforme balanço divulgado nesta quinta pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), houve queda em ocorrências de homicídio tentado e consumado, estupro tentado e consumado, extorsão mediante sequestro, sequestro e cárcere privado, estupro de vulnerável tentado e consumado. O único delito que teve aumento no número de casos foi o roubo, que cresceu 12,91% – de 31.105 para 35.105. Em Belo Horizonte, o número de roubos nos primeiros quatro meses de 2015 foi de 12.739, 10,33% a mais que os 11.546 do período em 2014. “São de celular 60% dos roubos da capital”, afirmou o coronel Cícero Leonardo da Cunha, responsável pelo Comando de Policiamento da Capital (CPC). Ele informou que formou equipe de estudos para propor ao governo soluções para conter o crime. Uma das ideias é, por parceria com operadoras e lojas, permitir que a polícia acesse o cadastro do celular para bloquear o aparelho roubado. “O bloqueio pode desestimular o crime.” A Seds informou, por assessoria, que os roubos são o maior desafio da segurança pública em 2015. PM. Nesta quinta, no Encontro Anual da Polícia Militar (PM), o governador Fernando Pimentel (PT) afirmou que pretende aumentar a remuneração e o efetivo da categoria. Entre as alternativas, está a reconvocação de aposentados para reforçar o quadro, que hoje tem 43 mil homens. “É mais rápido do que fazer concursos para soldados.”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave