Ataque contra ônibus com xiitas deixa 43 mortos no Paquistão

A polícia informou que dentre os mortos há 16 mulheres e que os feridos, os quais incluem crianças, foram transferidos para hospitais mais próximos

iG Minas Gerais | Folhapress |

Vários homens armados atacaram um ônibus no qual viajavam membros da minoria xiita nesta quarta-feira (13) em Karachi, no sul do Paquistão, deixando 43 mortos e ao menos 13 feridos.

O ataque ocorreu durante a manhã (horário local), quando pelo menos 12 atiradores em motos abriram fogo contra um ônibus que se dirigia para um centro da comunidade ismailita, que pertence ao ramo xiita do Islã.

"Havia quase 60 passageiros no ônibus no momento do ataque. Os criminosos chegaram em três motos. Eles começaram com tiros contra o motorista. Quando o ônibus parou, eles abriram fogo contra os passageiros indiscriminadamente", disse Najeeb Ahmed Khan, comandante da polícia local.

A polícia informou que dentre os mortos há 16 mulheres e que os feridos, os quais incluem crianças, foram transferidos para hospitais mais próximos.

"O primeiro-ministro (Nawaz Sharif) condenou de maneira enérgica o ato terrorista em Karachi. Anunciou que o incidente será investigado e ofereceu suas mais sinceras condolências pela perda de vidas humanas", disse em comunicado o governo paquistanês.

O ataque desta quarta se soma aos cometidos contra várias mesquitas xiitas no início deste ano, entre elas uma em Shikarpur, também no sul do Paquistão, no qual morreram 55 pessoas e outras 50 ficaram feridas.

Nos últimos anos, intensificaram-se os ataques contra os muçulmanos xiittas, que representa 20% da população do Paquistão, um país de maioria sunita de quase 200 milhões de habitantes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave