Anvisa determina apreensão e inutilização de lotes de medicamentos

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determina a apreensão e a inutilização dos lotes 1200168 e 1100098 do medicamento Desobesi M® e do lote 0805720 do medicamento Dualid S®

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Ministério da Saúde começa a distribuir remédio 3 em 1 para pacientes com HIV
MARTIN HENKELMANN/STOCKXPERT
Ministério da Saúde começa a distribuir remédio 3 em 1 para pacientes com HIV

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada hoje (12) no Diário Oficial da União, determina a apreensão e a inutilização dos lotes 1200168 e 1100098 do medicamento Desobesi M® (cloridrato defemproporex) e do lote 0805720 do medicamento Dualid S® (cloridrato de anfepramona).

De acordo com o texto, a empresa Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A., detentora do registro dos produtos, informou que desconhece a existência dos lotes, tratando-se, portanto, de falsificação. A resolução entrou em vigor hoje.

Por meio de nota, a Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.esclareceu que os medicamentos Desobesi M® (cloridrato defemproporex) e Dualid S® (cloridrato de anfepramona) foram descontinuados em 2011 pela empresa e não são mais comercializados. “Dessa forma, os produtos oferecidos no mercado são considerados falsos e devem ser refutados pela população”, destacou o comunicado.

O laboratório informou ainda que os consumidores podem sanar dúvidas por meio da Central de Atendimento, no telefone 0800 777 8432, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave