Mujica revela 'confissão' de Lula sobre mensalão, diz jornal

Relatos de livro-reportagem, lançado nesta semana, ex-presidente uruguaio conta sobre conversas com o petista durante seu governo

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

`O que estou hoje pedindo novamente é: vamos conversar´, diz o militante
Ricardo Stuckert/Presidência
`O que estou hoje pedindo novamente é: vamos conversar´, diz o militante

Lançado nesta semana no Uruguai, o livro-reportagem 'Una oveja negra al poder' (Uma ovelha negra no poder, em português), com relatos dos cinco anos de governo do ex-presidente José Mujica revela conversas do uruguaio com Lula a respeito do mensalão. Segundo o jornal 'O Globo', em um dos trechos, Mujica afirma que ao comentarem sobre o escândalo de corrupção, o petista teria dito que aquela era "a única forma de governar o Brasil".

Mujica e Lula teriam tido a conversa no início de 2010, em uma reunião em Brasília, quando o então presidente brasileiro afirmou “neste mundo tive que lidar com muitas coisas imorais, chantagens (...) Essa era a única forma de governar o Brasil”.

Em outro trecho do livro-reportagem, Mujica afirma “Lula não é um corrupto como (Fernando) Collor de Mello e outros ex-presidentes brasileiros. Mas viveu esse episódio (do mensalão) com angústia e um pouco de culpa”, de acordo com 'O Globo'. O ex-presidente uruguaio também diz admirar Lula e apelidou-o como "baixinho bárbaro". 

A obra 'Una oveja negra al poder' foi escrita pelos jornalistas Andrés Danza e Ernesto Tulbovitz, após mais de cem horas de entrevistas com o ex-presidente.

Ao ser procurado pelo jornal carioca, o Instituto Lula informou que não comentaria sobre as conversas " a essa hora" e pediu para que os relatos de Mujica não fossem usados parcialmente. 

Leia tudo sobre: MujicaLulauruguaibrasilmensalão