Diretoria celeste despista sobre R10

Barbosa ainda negou contatos com Roberto Assis, irmão e empresário do meio-campista

iG Minas Gerais | Guilherme Guimarães |

Um mistério do tamanho da qualidade técnica e da genialidade de Ronaldinho Gaúcho: gigante. A diretoria do Cruzeiro nega com veemência qualquer negociação para repatriar o meia, atualmente no Querétaro-MEX.

Mesmo com fontes de dentro do clube confirmando o negócio entre Raposa e R10, a gerência de futebol celeste refuta a possibilidade de contratar o ex-atleticano. Sem gravar entrevistas, Valdir Barbosa, gerente de futebol da Raposa, em conversa informal com jornalistas na Toca da Raposa na manhã de ontem, disse ser “conversa fiada” as notícias que indicam a contratação de Ronaldinho Gaúcho pelo Cruzeiro.

Barbosa ainda negou contatos com Roberto Assis, irmão e empresário do meio-campista. Mas, informações do Globoesporte.com dão conta de que a Raposa aceitaria pagar algo em torno de R$ 1 milhão para contar com o craque a partir de julho. Valor já contestado por Assis, que deve vir a Belo Horizonte na próxima semana com uma pedida de R$ 1,4 milhão mensal. Cifras que já são do conhecimento da cúpula estrelada.

A divisão do pagamento seria feita da seguinte forma: R$ 600 mil por conta de um patrocinador, R$ 300 mil para um investidor, e R$ 500 mil pagos pelo Cruzeiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave