Prefeitura quer decretar dois feriados durante a Olimpíada de 2016

Projeto de lei do Pacote Olímpico, que inclui essas mudanças, está em tramitação na Câmara desde o dia 17 de abril.

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Prefeitura do Rio quer decretar dois dias de feriado durante a Olimpíada de 2016. O projeto de lei do Pacote Olímpico, que inclui essas mudanças, está em tramitação na Câmara desde o dia 17 de abril.

O primeiro seria no dia da cerimônia de abertura, em 5 de agosto. Esta cerimônia é considerada prioridade para as forças de segurança da cidade. Segundo os organizadores, quase uma centena de chefes de Estado deverão assistir à festa no Maracanã.

O segundo seria no dia da prova de triatlo, 18 de agosto. A prova é considerada um dos grandes desafios da logística da Olimpíada pois requer o fechamento de vias importantes da zona sul da cidade e a interrupção na circulação de 40 linhas de ônibus.

Espera-se que essas medidas reduzam em 25% o fluxo de veículos em comparação com dias úteis e que a demanda por transporte público caia 40%.

As férias escolares deverão acontecer entre os dias 1º e 29 de agosto. A prefeitura espera que a medida reduza em 19% o movimento de carros nas ruas pela manhã. A princípio, não haverá rodízio.

Nesta quarta (29) o prefeito Eduardo Paes (PMDB) pediu aos prefeitos das cidades da região metropolitana que adiram ao mesmo calendário. Segundo Paes, eles demonstraram simpatia ao pedido, mas ainda não se comprometeram formalmente.

A prefeitura também entrou em contato com empregadores pedindo que instituam o home office, férias coletivas, uso de bicicletas, rodízio de funcionários, restrição do transporte de cargas entre 6h e 21h e trabalho noturno.

Nos Jogos Olímpicos, que vão de 5 a 21 de agosto, são esperados 10.900 atletas de 205 países além de 27 mil jornalistas. Na Paraolimpíada, que acontece entre 7 e 18 de setembro, serão 4.300 atletas de 176 delegações e 10 mil jornalistas.

Leia tudo sobre: olimpiadarioferiado