Em derrota, jogadores negam atenções divididas com a Libertadores

Atleticanos, no entanto, admitem que falta de concentração pesou no duelo pela última rodada do Campeonato Mineiro

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Atlético perde para o Boa Esporte, termina em terceiro na fase de classificação e terá rival Cruzeiro pela frente na semifinal do Mineiro
ESTADÃO CONTEÚDO
Atlético perde para o Boa Esporte, termina em terceiro na fase de classificação e terá rival Cruzeiro pela frente na semifinal do Mineiro

Se o Atlético entrou em campo de olho na liderança do Campeonato Mineiro, terminou a partida contra o Boa Esporte na terceira colocação da primeira fase. A derrota por 2 a 0 para a Coruja, ameaçada de rebaixamento no início da rodada, não estava nos planos do Atlético, que agora se vê focado em uma decisão pela Copa Libertadores, contra o Santa Fe, na próxima quinta-feira, 9, na Arena Independência. 

Os jogadores, no entanto, afirmam que o resultado negativo não se deve ao foco desviado para o duelo pela competição continental. O zagueiro Leonardo Silva afirma que a expulsão do volante Leandro Donizete, no segundo tempo, foi fundamental para o revés. 

"Foi ruim, não era o que a gente esperava. Infelizmente ficamos com um jogador a menos, isso dificultou a partida. Agora que perdemos, vai aparecer várias especulações. Mas a equipe do Boa jogou melhor. Vamos para a Libertadores, que é um jogo mais decisivo", comentou o capitão Leonardo Silva. 

O goleiro Victor afirma que o fator que mais pesou foi a falta de concentração dos jogadores do Galo, no estádio Dilzon Melo. 

"Se entrarmos assim, não chegamos a lugar nenhum. Temos que melhorar o nível de concentração. Agora temos que melhorar. Erramos o que tínhamos de errar. A partir de hoje, não podemos cometer os mesmos erros, sobretudo com a falta de concentração", disse o goleiro. 

Leia tudo sobre: AtléticoGalofutebolderrotaBoaBoa EsporteVarginha