Goleiro Victor brinca com leilão de luvas: 'não pagaria nem R$ 50'

Marcos Rocha lançou uma campanha para leiloar um par de luvas do arqueiro alvinegro, na campanha solidária

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

Victor celebrou o gol de Rafael Carioca, que por pouco, não deu a vitória ao Galo
DENILTON DIAS / O TEMPO
Victor celebrou o gol de Rafael Carioca, que por pouco, não deu a vitória ao Galo

Após leiloar um par de chuteiras do atacante Diego Tardelli, o lateral-direito Marcos Rocha agora promove uma campanha solidária com as luvas usadas pelo goleiro Victor. Conhecida como "Quarta-Galo" - uma provocação à declaração de Ricardo Goulart, ex-jogador do Cruzeiro, durante as finais da Copa do Brasil do ano passado -, ele realiza a ação para arrecadar fundos, que serão doados para a instituições de caridade.

O detentor dos objetos, no entanto, brincou com o valor que arremataria as luvas. "Eu não pagaria nem R$ 50 (risos). São luvas usadas, sujas. Brincadeira. Legal a ação do Rocha. Serve de exemplo. Temos de usar o que tem de bom para ajudar o próximo. Uma grande atitude de altruísmo. Temos que pegar o gente tem de bom para ajudar quem precisa. Quando ele falou, a primeira luva que tinha, eu doei. Tem muita gente que necessita. Muitas querem ter um objeto, uma luva de jogador. É importante para quem adquire", afirma o goleiro.

No leilão das chuteiras de Diego Tardelli, atualmente no Shandong Luneng, da China, foi arrecadada a quantia de R$ 4.513,13. Com o valor, ele doou cadeiras de roda e banho, fraldas e muletas para o Hospital Nossa Senhora das Graças, em Sete Lagoas - terra natal dele.

Victor brinca sobre bater o valor arrecadado pelo ex-companheiro de clube, Tardelli.

"É uma missão difícil. Nem sei por quanto foi arrematada a chuteira do Tardelli. Ficaria feliz e orgulhoso se pudesse passar", concluiu.

Leia tudo sobre: atleticogalovictormarcos rochaquarta-galo