Após reclamar da arbitragem, Fernando Leal é absolvido pelo TJD

Jogador foi citado no inciso II do artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Goleiro do América ainda não tomou gols no Independência
AMÉRICA FC/DIVULGAÇÃO
Goleiro do América ainda não tomou gols no Independência

Expulso do banco de reservas no clássico contra o Cruzeiro após reclamar da arbitragem, o goleiro Fernando Leal foi julgado e absolvido nesta quarta-feira pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) da Federação Mineira de Futebol (FMF). O jogador foi citado no inciso II do artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que diz respeito a "desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões", e corria o risco de pegar de um a seis jogos de suspensão.

Na súmula da partida, o auxiliar de arbitragem Marcus Vinicius Gomes explicou que o motivo do cartão vermelho seria que ele foi ofendido pelo goleiro com as seguintes palavras: "você é um m.., nem para bandeirar serve". Fernando Leal ficou de fora do confronto contra o Tombense, nesse domingo, quando o América empatou em 1 a 1, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave