Mergulho de cabeça

Ator conta que ficou preocupado com a possibilidade de a série não ser renovada para uma nova temporada

iG Minas Gerais | luana borges tv press |

Novidades. 
No próximo ano de “Questão de Família”, personagem de Moscovis terá um antagonista e o retorno da mãe
CZN
Novidades. No próximo ano de “Questão de Família”, personagem de Moscovis terá um antagonista e o retorno da mãe

Eduardo Moscovis é do tipo que mergulha de cabeça nos projetos. Tanto que acompanhou de perto toda a negociação para que o GNT levasse ao ar a segunda temporada de “Questão de Família”, que estreia no dia 1º de abril. O ator, que interpreta o protagonista da série, o juiz Pedro, fazia coro para que a produção ganhasse uma sobrevida no canal. “Chegou um momento até que pensei que não ia rolar, acho que muito por conta dos processos internos. Foi quando veio a notícia de que tinham conseguido acordar”, conta.

No intervalo entre uma temporada e outra, inclusive, Moscovis percebeu que a vontade de que a série continuasse era compartilhada por muitas pessoas. Afinal, era com frequência que ele era interpelado por telespectadores que perguntavam sobre a sequência da história ou comentavam algum caso específico de um dos episódios. Mas uma abordagem foi especialmente importante para o ator. Certo dia, no aeroporto, enquanto esperava ser chamado para entrar no avião, uma juíza, que assistia a “Questão de Família”, se aproximou para falar das histórias que havia visto na série e compartilhar situações reais de sua rotina. “É o retorno de que a assistência jurídica que temos é bem feita. Então, é crível. Lógico que, às vezes, abrimos umas concessões porque é dramaturgia e não podemos ir literalmente em tudo, mas é muito próximo do que acontece”, constata.

Na segunda temporada, o método de trabalho de Pedro é questionado. “Logo de cara, ele começa a ser investigado sobre o modo como analisa os casos por seguir as pessoas e é meio pego por isso”, adianta. Além disso, a mãe do personagem, Márcia, volta, desta vez interpretada por Esther Góes. E o juiz começa a se relacionar amorosamente com a ex-mulher, Renata, de Georgiana Góes. “Na outra temporada, ela tinha ido para Inglaterra com o namorado, mas não dá certo e volta para cá. A partir desse retorno, acontece uma reaproximação dos dois como amigos e eles vão se percebendo envolvidos novamente”, conta.

Desta vez, Pedro terá um antagonista ao longo de toda a temporada: Cássio, desembargador encarnado por Fúlvio Stefanini. Por conta da dúvida inicial sobre se haveria ou não uma segunda temporada, o elenco teve pouco tempo para o chamado trabalho de mesa – momento em que todos se encontram para estudar os textos. “Mas conseguimos fazer. Fizemos menos porque já tínhamos as relações dos personagens estabelecidas, mas houve uma preocupação maior com o Fúlvio Stefanini, que faz um papel importante junto com a Aline Fanju”, explica, referindo-se à atriz que vive Taís, mulher do desembargador na história.

A boa repercussão da primeira temporada não parece causar qualquer tipo de ansiedade ou expectativa em Moscovis. Na verdade, o próprio diretor da série, Sergio Rezende, orientou o elenco a não se preocupar com isso. “Vamos começar como se fosse do zero para quem está assistindo agora. E acho que, com todo o pé no chão, estamos cumprindo o plano de fazer tão bem ou melhor que a primeira temporada”, acredita. Perfil

Nome completo: Carlos Eduardo de Andrade

Data de nascimento: 8 de junho de 1968

Local de nascimento: Rio de Janeiro (RJ)

Signo: Gêmeos

Últimos trabalhos na TV: Leonardo da série “Louco Por Elas” (2012/2013), Rafael de “Alma Gêmea” (2005), Reginaldo de “Senhora do Destino” (2004), Rodrigo de “Kubanacan” (2003), Francisco de “Desejos de Mulher” (2002)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave