Diego Hypolito conquista prata no solo, mas vê atuação digna de ouro

Com muito bom humor, brasileiro foi para as redes sociais dizer que sua performance foi melhor que a do americano e que ele merecia o primeiro lugar

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Ginasta comemora a conquista da 56ª medalha em sua carreira
Reprodução / Instagram
Ginasta comemora a conquista da 56ª medalha em sua carreira

A palavra para melhor resumir a atuação de Diego Hypolito na final do solo, nesta quinta-feira, na etapa de Doha da Copa do Mundo, é superação. Com dores no pé, o ginasta passou por cima das dificuldades e conquistou a medalha de prata. O brasileiro terminou com a nota 15,425, um pouco menos do que o campeão, o americano Jacob Dalton, que somou 15,475. O japonês Shotaro Shirai, fez 15,025 e ficou com o bronze. Após o pódio e o recebimento da medalha, Hypolito foi para as redes sociais e, com muito bom humor, afirmou que merecia ter ficado com a medalha de ouro. “Hoje fui prata na Copa do Mundo! Uhu, início de temporada bom! Ainda estava com bastante dor no pé, mas valeu. Foi minha 56ª medalha em 10 anos de etapas de Copa do Mundo. Obrigado, Deus! Não desmerecendo os esforços do primeiro colocado, mas achei que a minha série foi melhor executada. Então, quase fiz igual no Miss Amazônia, kkkkk, pegar a medalha do primeiro colocado, kkkk. Brincadeira, obrigado a todos pela torcida. Estou feliz. Amanhã tenho final de salto e vou ver como meu pé vai estar para saber se irei competir”, afirmou. Nesta sexta-feira, Arthur Zanetti estará em ação e vai em busca de mais medalhas para o Brasil.  

Confira o resultado da final do solo masculino: 1º Jacob Dalton (EUA) 15,475 2º Diego Hypolito (Brasil) 15,425 3º Shotaro Shirai (Japão) 15,025 4º Tomislav Markovic (Croácia) 14,575 5º Rok Klavora (Eslovênia) 14,350 6º Kenzo Kaneko (Japão) 14,100 7º Petro Pakhnyuk (Azerbaijão) 13,350 8º Andrej Korosteljev (Croácia) 12,325  

Leia tudo sobre: Diego HypolitoginasticaolimpicaCopa do MundoDohaCatarmedalhaprataouro