Perdemos R$ 10 mil, diz vítima de enchente na zona sul de SP

Chuva forte também prejudicou concessionária da Honda, que foi invadida pela água na tarde desta quinta-feira (19)

iG Minas Gerais | Folhapress |

Duas pessoas tiveram que ser resgatadas pelos Bombeiros em Taboão da Serra (SP)
Reprodução / TV Globo
Duas pessoas tiveram que ser resgatadas pelos Bombeiros em Taboão da Serra (SP)

Moradores e funcionários do comércio do bairro de Moema, na zona sul de São Paulo, ainda contabilizam os prejuízos da enchente que atingiu a região na tarde desta quinta-feira (19).

A chuva forte começou por volta das 15h. Rapidamente alagou ruas da região, como a Aratãs, Iraí, Jurupis e pontos da avenida Ibirapuera.

Um posto de gasolina BR foi invadido pela água. Na loja de conveniência, vários produtos foram perdidos, como refrigerantes, alimentos e garrafas de lubrificante. Funcionários se protegeram em cima de mesas e cadeiras.

"Perdemos uns R$ 10 mil. Fora os clientes que não puderam abastecer. Amanhã também ficaremos fechados", conta Fabiana Ferreira, 34.

Funcionários do posto faziam, na noite desta quinta, um mutirão para limpar o estabelecimento. A bomba de gasolina, lotada de água, parou de funcionar.

O carro da administradora de empresas Renata Mariani, 41, não funcionou mais desde que foi invadido pela água. "Estou há 4h30 esperando o guincho. Tudo foi muito rápido, meu carro morreu em segundos quando a água entrou".

Um concessionária da Honda, na av. Ibirapuera, também teve prejuízos. O muro do estacionamento da loja desabou com a força da enchente. A água atingiu carros novos e de funcionários - alguns ficaram bastante danificados. O gerente da loja não quis falar com a reportagem.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave