Nasa publica fotos que mostram seca em represa do sistema Cantareira

Imagens publicadas e comparadas pela agência aeroespacial foram feitas pelo satélite Landsat 8 em 16 de agosto de 2013, antes do início da crise, e em 3 de agosto deste ano, quando operava em 15%

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Agência Aeroespacial dos Estados Unidos (Nasa) publicou nesta quinta-feira (23) fotos que mostram a redução do volume de água na represa do Jaguari, uma das que compõem o sistema Cantareira. A falta de chuva faz com que o reservatório enfrente a maior crise hídrica da história.

As imagens publicadas e comparadas pela agência aeroespacial foram feitas pelo satélite Landsat 8 em 16 de agosto de 2013, antes do início da crise, e em 3 de agosto deste ano, quando operava em 15%. Nesta quinta-feira, o nível já estava bem mais baixo, com o sistema operando com apenas 3%, segundo dados da Sabesp.

Na comparação das imagens é possível ver a alteração do nível de água, mais visível pela diferença da cor em torno da borda da água. Já a cor da água também se altera, uma vez que a represa fica mais rasa, com sedimentos no fundo, aponta a agência aeroespacial.

Com a diminuição do nível das represas paulistas, o governo paulista usa desde maio o "volume morto" do Cantareira, que corresponde a água abaixo do sistema de captação. Agora, a agência federal que regula o uso das águas autorizou o uso da segunda cota do "volume morto".

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave