Advogado Central do Vaticano propõe acelerar anulação de casamentos

Cardeal Francesco Coccopalmerio propôs que os bispos tomem as decisões individuais sobre o cancelamento em certos casos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Durante o Sínodo Extraordinário dos Bispos sobre a Família dessa quinta-feira (9), o advogado central do Vaticano, cardeal Francesco Coccopalmerio, sugeriu uma mudança radical para agilizar o processo de anulação de casamentos, reduzir a burocracia e os custos. As informações são do jornal "O Globo".

De acordo com a doutrina católica, o casamento é indissolúvel pela Igreja, mas o cancelamento pode ser feito quando um tribunal eclesiástico reconhece que a união tenha alguma falha, como quando um dos dois não quer ter filhos.

Coccopalmerio propôs que os bispos tomem as decisões individuais sobre o cancelamento em certos casos.

As declarações foram feitas durante Sínodo, que é uma reunião onde os prelados de todo o mundo discutem os ensinamentos da Igreja sobre a homossexualidade, sexo, casamento e divórcio de forma que os assuntos sejam adaptados para os dias atuais. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave