História e gastronomia

Artista, que estará em cartaz neste mês, compara a história de Contagem com uma receita

iG Minas Gerais |

Jessé é um dos mobilizadores culturais de Contagem
Alex de Jesus
Jessé é um dos mobilizadores culturais de Contagem

Dentre algumas versões para o surgimento do nome de Contagem, localizada na região metropolitana de Belo Horizonte, a mais aceita é que, nos tempos da Coroa Portuguesa, havia na cidade um posto de fiscalização, no Sítio das Abóboras, onde era feita a contagem do gado. A partir daí, o município ganhou diversos apelidos. Um deles é Cidade das Abóboras, de acordo com o artista Jessé Duarte. A partir da alcunha, ele explica porque escolheu ensinar um prato feito do legume que ajudou a dar uma nova nomenclatura para o município. “Pensei na receita brincando com essa ideia. Mas, na realidade, nunca gostei muito dessa história. Então, por ironia, comecei a fazer a iguaria para os amigos”, revela o ator.

Duarte, que atua e dirige a peça “Coragem”, que será encenadas nas ruas de Contagem, a partir do dia 9 deste mês, ainda dá outras explicações sobre a escolha do prato. “Tenho muitos amigos vegetarianos, e precisava de algo que agradasse a todos. Também queria uma coisa diferente”, afirma ele, revelando que, diversas vezes, assume o posto de cozinheiro da galera.

A função de cozinheiro, na verdade, não surgiu do nada. Jessé conta que, desde os 16 anos, manda bem no preparo de alimentos. “Nessa época, trabalhei em uma churrascaria e aprendi a fazer vários pratos”, diz. A atividade, inclusive, está entre as coisas que mais gosta de fazer. “Adoro cozinhar, principalmente para os amigos”, revela.

Boa companhia

Reunir pessoas em volta do fogão é algo que Jessé Duarte gosta tanto de fazer que, ao contrário do que muitos artistas dizem, a sua rotina lhe proporcionou isso. “A vida artística me trouxe sempre muitos amigos, e acho que isso acabou me levando a aprender pratos diferentes e cultuar o gosto de cozinhar e receber as pessoas em casa”, comenta o artista, dizendo ainda que sua turma gosta de uma prosa na cozinha, especialmente no frio.

Em cartaz

Jessé Duarte está à frente de “Coragem”, que será encenado nas ruas de Contagem no período de 9 a 12 deste mês, com entrada gratuita. Além de dirigir, ele atua na peça, que foi inspirada nas manifestações do ano passado e em um texto de Bertolt Brecht. Veja os locais em www.ciacronica.blogspot.com.br.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave