Ainda com idade juvenil, central Pedro chega ao MOC por empréstimo

Jogador terá, no Pequi Atômico, mais oportunidade de jogar com frequência; conversas com o grupo ajudam no crescimento da carreira

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

ESPORTES - CONTAGEM MG - BRASIL - 13.8.2013 - Amistoso Internacional entre SADA CRUZEIRO X SELECAO DA AUSTRALIA de VOLEI - Partida realizada no Ginasio do Riacho, em Contagem MG. Na foto, Pedrao (e) e Leal (d) do Sada Cruzeiro.
FOTO: Douglas Magno - O Tempo
FOTO: Douglas Magno - O Tempo
ESPORTES - CONTAGEM MG - BRASIL - 13.8.2013 - Amistoso Internacional entre SADA CRUZEIRO X SELECAO DA AUSTRALIA de VOLEI - Partida realizada no Ginasio do Riacho, em Contagem MG. Na foto, Pedrao (e) e Leal (d) do Sada Cruzeiro. FOTO: Douglas Magno - O Tempo

Sabendo que a concorrência no Sada Cruzeiro seria pesada, o central Pedrão, que pertence ao clube celeste, arrumou suas malas e partiu para o Montes Claros Vôlei, por empréstimo.

No time do Norte de Minas, ele já foi relacionado pelo técnico Schwanke para duas partidas, ambas contra a UFJF, que terminaram com uma vitória para cada lado.

"Só tenho que agradecer ao Sada pela oportunidade de fazer parte do elenco e de treinar com jogadores tão gabaritados. Também tenho que reconhecer o interesse do MOC, um clube que vai me ajudar a crescer na carreira. Será muito bom para ganhar experiência", indica o central, que ainda possui idade juvenil.

A intenção do jogador é dar o seu melhor pelo Pequi Atômico e retornar ao time de Belo Horizonte mais amadurecido. "É muito gratificante ter a minha idade e já estar em um elenco adulto. Quero crescer no vôlei e o Montes Claros terá um papel importante nisso. Pretendo retornar para o Sada Cruzeiro com um nível mais alto de jogo. A cada dia estou aprendendo mais, a dedicação nos treinos está sendo intensa", mostra.

Companheiros têm papel importante no dia-a-dia Assim que chegou, Pedrão teve uma conversa com o novo treinador, que mostrou que conta com o central para a temporada. "Ele falou que quer me ver dentro de quadra constantemente e que gosta do meu potencial. Só me resta fazer tudo que estiver ao meu alcance para atingir essa expectativa", disse.

Quem também está dando importante suporte para Pedrão é o central Acácio, um dos seus concorrentes na posição. A conversa diária entre os dois é considerada uma atitude de humildade do experiente meio-de-rede. "Apesar da gente disputar uma vaga no time, ele não perde a oportunidade de me dar dicas e passar um pouco da experiência. Isso mostra que ele só quer o melhor do time, deixando de lado quem vai ser titular. Ele é um exemplo e miro sua atitude para crescer e alcançar degraus mais altos", completa.

Pedrão divide um apartamento com o oposto Edinho e com o levantador Índio, outro recém-chegado ao Pequi Atômico.