Dilma amplia e rivais empatam

Levantamento realizado em Minas aponta para realização do segundo turno da disputa

iG Minas Gerais | Carla Kreefft |

Pesquisa DataTempo/CP2 realizada de 11 a 15 de setembro em todas as regiões de Minas Gerais mostra a candidata à reeleição, presidente Dilma Rousseff, na liderança pela disputa ao Palácio do Planalto. Ela tem 39,8% das intenções de voto. Marina Silva, candidata do PSB, e Aécio Neves, que concorre pelo PSDB, estão tecnicamente empatados na segunda colocação. Marina tem 22,3% da preferência do eleitorado e é seguida de perto por Aécio, com 21,1%. A diferença entre os dois é de 1,2 ponto percentual, menos do que a margem de erro, que, neste levantamento, é 2,16 pontos percentuais.

Já a petista tem 17,5 pontos percentuais de vantagem em relação à adversária mais próxima, Marina Silva. No levantamento anterior, divulgado em 30 de agosto, a diferença entre Dilma e o segundo colocado, Aécio Neves, era de 9,6 pontos percentuais.

Os dados de Minas Gerais apontam para a realização de segundo turno, mas não conseguem responder quem iria para a segunda fase de votação com Dilma Rousseff.

Chama atenção a tendência de queda das intenções de voto de Aécio Neves. O tucano tinha, no levantamento divulgado em 9 de agosto, 41,2%. Passou para 26,5%, em 30 de agosto, e agora tem 21,1%.

Já Marina Silva faz o caminho inverso. Em 9 de agosto, quando o candidato do PSB era Eduardo Campos, morto dia 13 daquele mês em um acidente aéreo, a pontuação era 4,8%. Em 30 de agosto, já com Marina como titular da chapa, passou para 20,5% e, agora, 22,3%. Dilma Rousseff pulou de 33,8% em 9 de agosto para 36,1%, em 30 do mesmo mês e, agora, 39,8%.

Nesta situação, o número de indecisos permanece estável, variando de 8,9% para 8,8%. Nenhum dos outros candidatos alcançou 1% da preferência do eleitorado mineiro.

Espontânea. Quando não é apresentada para os entrevistados a lista dos candidato, a situação não é muito diferente da anterior.

Dilma Rousseff é citada por 36,9%. No levantamento anterior foi lembrada por 32,6%. Marina Silva cresceu de 14,9% em 30 de agosto para 19,4% agora. Já Aécio Neves, que foi a opção de 26,3% dos entrevistados no levantamento divulgado em 9 de agosto, passou para 20,6% em 30 de agosto. Agora é citado por 17,8% .

Nessa modalidade, o número de indecisos aumentou de 18% em 9 de agosto para 20,6% em 30 do mesmo mês e, agora, atinge 15,5%. Os outros candidatos não chegaram a ser citados por 1% dos pesquisados DataTempo/CP2.

A pesquisa foi realizada de 11 a 15 de setembro em todas as regiões do Estado. Foram realizadas 2.075 entrevistas com pessoas de todas as faixas etárias e os vários níveis de escolaridade e renda familiar. A margem de erro é de 2,16 pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi encomendado pela Sempre Editora.

Dados

Registro. A pesquisa DataTempo realizou 2.075 entrevistas entre 11 e 15 de setembro. A margem de erro é de 2,16 pontos percentuais. O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral com número BR 00650/2014.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave