Presidente se reúne com ministro para avaliar atos

Avaliação inicial é de que movimento foi representativo e mais pacífico que 2013

iG Minas Gerais | Da Redação |

Dilma rejeita violência em protestos após anunciar ajuste fiscal
Antonio Cruz / Agência Brasil
Dilma rejeita violência em protestos após anunciar ajuste fiscal
A presidente Dilma Rousseff (PT) está reunida neste momento com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para avaliar os protestos realizados em todo o país. As primeiras avaliações são a de que o número de pessoas demonstrou grande representatividade, mas o caráter pacífico gerou alívio.  O governo não quer demorar a reagir, como aconteceu em 2013. Por isso, há a expectativa de que um pacote contra a corrupção seja lançado nos próximos dias. Mais cedo a presidente já havia determinado que vários ministros ficassem de prontidão no Palácio do Planalto. A polícia cercou o local, impedindo que os manifestantes se aproximassem da sede do governo brasileiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave