Esplanada dos Ministérios é tomada por pessoas de vários movimentos

Maioria dos presentes vestem camisas nas cores da bandeira do Brasil ou com frases contra o governo e a corrupção

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

A Esplanada dos Ministérios já está ocupada por manifestações contra a corrupção e contra o governo da presidenta Dilma Rousseff.  Os manifestantes estão concentrados em dois pontos no início da Esplanda – em frente a Catedral Metropolitana de Brasília e ao Museu da República. O lado sul do Eixo Monumental já está tomado e a saída dos manifestantes em direção ao Congresso Nacional é aguardada para qualquer momento.

A maioria dos presentes vestem camisas nas cores da bandeira do Brasil ou com frases contra o governo e a corrupção. Há ainda muitas bandeiras nacionais, cartazes com pedido de impeachment e carros de som. O trânsito já começa a ficar complicado na região central da cidade, com congestionamentos no Eixo Monumental antes da chegada na Esplanda.

O policiamento está bastante reforçado. A maior parte dos manifestantes é composta de jovens e adultos, mas também é possível ver crianças e idosos. Até o momento o clima é de muita tranquilidade. As manifestações foram convocadas por meio de redes sociais por grupos como Vem Pra Rua, Limpa Brasil, Movimento Brasil Contra a Corrupção, Movimento Brasil Livre, Diferença É o Sinal para Mudar o Brasil e Foro de Brasília.

A Polícia Militar estima que ao longo do dia cerca de 70 mil pessoas compareçam à manifestação, já os organizadores estimam cerca de 130 mil. Mas no momento, a estimativa da PM é de cerca de 3.200 presentes à manifestação.

As manifestações foram convocadas por meio de redes sociais por grupos como Vem Pra Rua, Limpa Brasil, Movimento Brasil Contra a Corrupção, Movimento Brasil Livre, Diferença É o Sinal para Mudar o Brasil e Foro de Brasília.

A Polícia Militar do Distrito Federal ainda não tem estimativa de público, mas espera que ao longo do dia entre 50 mil e 60 mil pessoas participem das manifestações no centro da cidade. Já os organizadores dos grupos que convocaram os protestos esperam até 130 mil pessoas.

Leia tudo sobre: protestoesplanada dos ministerios